Colchão de EPS conhecido como Colchão com Isopor

Você sabia que Isopor® é uma marca o nome correto é EPS ou poliestireno expandido? Atualmente é muito comum o colchão com EPS ou colchão com isopor no Brasil.

colchão com isopor
Colchão com EPS

E você deve estar perguntando, isso é ruim ou bom?

Tudo na vida temos prós e contras, e com o colchão com EPS (isopor) não seria diferente.

Por isso fizemos este texto para que você entenda melhor o uso do poliestireno expandido no colchão.

Vantagens

Preço: A maior vantagem de EPS nos colchões é o preço, colchões com este material geralmente são mais baratos, pois elimina o uso de espuma em algumas partes do colchão.

Ecologicamente correto: O EPS pode e deve ser reciclado e com isso ele ganha ares de sustentável por algumas empresas.

Peso: A grande maioria dos colchões magnéticos tiraram a chapa de madeira e trocaram por EPS, e com isso aquele colchão extremamente pesado acaba sendo de fácil carregamento.



Desvantagens do colchão com isopor

Qualidade: A maior desvantagem do colchão de isopor é a qualidade. O uso deste material é de menor qualidade, e com isso a durabilidade pode ser menor do que um colchão sem o EPS.

O uso do Isopor nos colchões tem apenas a finalidade baratear custos.

Logística:

Em tamanhos Queen e King Size este material não passa por escadas e elevadores por não ter elasticidade e baixo amortecimento.

Falso firme e confortável:

Quando experimentado “em casa” ou apenas no inicio da vida de um colchão parece ser inofensivo.

Mas quando o “pillow” perder suas características o EPS mostra o porque o uso deste material é prejudicial na qualidade.

Barulhos:

Os colchões com EPS se sofrerem impactos, podem rachar ou quebrar, fazendo barulhos conhecidos como nhec nhec.

A maior parte das pessoas só descobrem o uso do EPS quando o colchão faz o som típico de isopor rangendo.

Procure saber sobre o EPS na negociação

Com isso você consumidor pode ter como parametrizar o que é bom ou ruim, se o preço é a sua necessidade, colchões com isopor (EPS) é a melhor opção.

Se você quer qualidade, o uso de EPS tem que ser dito a você na negociação!

Por isso o Dicas de Colchões é enfático: “A garantia” de um colchão é o único documento por escrito que te dá poderes em uma ação judicial” exija garantia do seu colchão.

Leia mais: Garantia de colchão no Brasil

Infelizmente o uso de EPS é muito comum e a grande maioria das empresas fogem de demostrar este produto ao consumidor na negociação.

Empresas de renome, grandes indústrias e até mesmo empresas “internacionais” tem colocado isopor no seu colchão.

Por este motivo, exija a etiqueta do seu colchão antes de compra-lo.

Exija a garantia por escrito, pois é comum vendedores prometerem 10 anos de garantia.

Mas algumas garantias são apenas 1 ano ou apenas 3 meses, e geralmente em colchões com EPS a garantia é menor.

Colchões com excesso de EPS muitas vezes tem garantia superiores apenas contra deformação, pois a chapa de EPS não afunda.

Mas como dito anteriormente o problema não é afundar e sim ele rachar ou quebrar por falta de amortecimento e elasticidade.

Verifique o que cobre a garantia lendo o certificado de garantia ANTES de fechar negócio. Pois depois de comprado não adianta reclamar ou buscar seus direitos.

Colchão com isopor alerta

Como já falamos inúmeras vezes sobre a ABNT 15413-1, que todo colchão pode ceder até 10% do tamanho original.

Com isso o uso de EPS muitas vezes é colocado estrategicamente para que seu colchão fique mais “alto”, com isso é vendido como colchão de luxo e com valores maiores. E quando seu colchão ceder  ou afundar as empresas se resguardam na norma 15413-1.

Pois a norma é clara e você consumidor não tem onde recorrer caso seu colchão fique com uma parte cedida devido ao fato dele ser muito alto e nunca chegar aos 10% permitidos pela lei.

Um colchão de 10 cm de isopor mais 18 das molas e 4 de espuma  terá um total 32 cm, e ele pode afundar sem você deitado 3,2 cm. 

Por isso nunca seu colchão terá dado problema, pois dificilmente uma espuma de 4 cm irá afundar 3,3 cm sem você deitado.

Se você analisar que um colchão de molas tem como característica elasticidade e se comprimir um colchão já pré deformado com seu peso automaticamente seu corpo ficará curvado.

Lembrando que adaptação e dores nas costas por um colchão nenhuma empresa responde judicialmente.

Fique atento e exija etiqueta e garantia por escrito antes de fechar negócio.

Leia mais: As melhores marcas de colchões do Brasil



O que significa EPS no colchão?

Significa Poliestireno Expandido, conhecido como isopor, algumas marcas de colchões utilizam o EPS para bases ou enchimentos.

O EPS pode estar tanto em colchões de molas e de espuma.

Colchão de EPS considerações

Por isso somos enfáticos, colchão de isopor tem suas vantagens na questão financeira, mas desde que você saiba que o uso dele está dentro do seu colchão, e principalmente a quantidade de EPS que tem dentro do seu colchão. Com isso, não tem nenhum problema o uso do EPS.

Se você leitor considerar levar um colchão barato, o uso de isopor no colchão é indispensável.

E você leitor que comprar colchões de preço acima de 3mil reais considere saber se tem ou não EPS no seu colchão, definitivamente é um direito seu saber!

O uso do EPS em maior ou menor quantidade se dá exclusivamente pelas empresas, não existe uma norma que se diz a respeito a qualidade ou durabilidade o uso do EPS nos colchões.

Colchões com EPS são obrigatório a certificação do INMETRO.

Enfim esperamos ter tirado suas duvidas!

Você vai gostar também:

Os melhores colchões na Caixa Brasil

Colchão à vácuo, modismo ou tendência



colchão de EPS
Colchão com isopor no quando você sabia??

Fonte: https://incrivel.club/admiracao-curiosidades/15-marcas-que-viraram-sinonimos-de-produtos-no-brasil-1006610/

Sobre o autor Marcelo | Website

Marcelo Katayama fundador do site. Atua como consultor de marketing digital para pequenas empresas de forma autônoma e atua com marketing de afiliados. Atualmente é o maior blogueiro imparcial de colchões do Brasil, com mais de 30 mil visitantes únicos por Mês (SEMRUSH E GA) Trabalhou 10 anos no mercado de colchões como vendedor, gerente comercial de lojas e analista de marketing. Atuou em agências como FBS Midia e Grupo RBS como executivo de contas e foi Gerente de Relações Públicas no Grupo Colombiano JOM. Formado em análise de sistemas pela FATEC-SP com especialização em Google Ads Expert Search pela Goobec Brasil

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

32 Comentários

  1. Clelia disse:

    Boa noite!!
    Meu colchão e 90% isopor, e um filete de espuma, e comprei como Ortopillow, 45D, mas me assustei com o que vi, um caixote de isopor… É assim mesmo com toda essa porcentagem de isopor ?
    ??

    • marcelo disse:

      Olá Clelia tudo bem? obrigado pelo comeentário
      Infelizmente não existe nenhuma legislação sobre a quantidade de EPS nos colchões.
      Por isso escrevi este artigo para que os consumidores fiquem atento a essa informação.
      Espero ter ajudado

      • Hitalo disse:

        e a portaria do INMETRO para a certificação?
        que fala: Entende-se por majoritariamente o colchão cuja composição volumétrica esteja entre 70 a 100% de espuma(s) flexível(is) de poliuretano.

        • Marcelo disse:

          Olá Hitalo tudo bem? Obrigado pelo comentário
          Sim se você ler é sobre colchão de espuma, caso fique abaixo dos 70% o colchão entra como colchão misto. Por isso somos enfáticos leia a etiqueta do colchão.

  2. GUILHERME DELFIM disse:

    Excelente artigo, muito útil para quem não entende nada sobre o assunto. Muito obrigado pelas dicas.

  3. Bruna disse:

    Olá, tenho um colchão de EPS por conta de problemas na coluna. Considero um bom colchão, tendo em vista que é uma placa de EPS bem alta, até por não ter molas, apenas o pillow de espuma. Nos 3 anos que tenho ele, não notei nenhum afundamento. Estou bem satisfeita.

    • Marcelo disse:

      Olá Bruna, tudo bem? Obrigado pelo comentário! Que bom que está satisfeita e você pegou um bom vendedor que foi honesto com você!
      Meu artigo não é sobre afundamento e sim sobre a falta de transparência na comercialização, existem varios colchões bons com EPS.
      att

    • Luci disse:

      Qual a marca do seu colchão por favor. Estou a procura de um colchão confortável porém firme mas estou perdida com tantas opções.

  4. José Daniel disse:

    Boa noite Marcelo, exelente dica eu estava quase comprando um colchão magnético massageador,que tem este material (EPS)isopor.
    Grato pela honestidade.
    Daniel, Campinas.

    • Marcelo disse:

      Olá José Daniel, obrigado pelo comentário!!
      estamos a disposição!

    • Danielle disse:

      Ah meu Deus será que fiz um bom negocio? Comprei um colchão achei super confortável na loja mas o vendedor não me falou do isopor que tá lá na etiqueta como uma camada de poliestireno só vi em casa o colchão é de molas ensacada e pelo q entendi a segunda camada depois do meu corpo é o isopor ou seja meu corpo 2cm de d20 5cm de isopor e uma de d40 6.5cm depois as molas…1 ano de garantia. Estou pensando em trocar.
      Obrigada pelo seu artigo.

  5. Roberta disse:

    Olá! Boa noite! Compramos o Impressione da Anjos, só depois vi que tem 15 cm de EPS, em um colchão com o total de 42 cm, mesmo em um colchão de “alto padrão” o EPS é ruim? Mesmo que seja somente estrutural?

  6. Any disse:

    Olá Marcelo, boa tarde.
    Excelente explicação, estava em busca de informação a respeito de colchões, pq necessito adquiri um magnético.
    E confesso que estava tão inserta, suas informações foi de extrema importância.
    Vc tem Instagram?
    E qual marca de colchão magnético poderia me indicar ?
    Obrigada!

  7. Emilia disse:

    Boa noite!
    voce pode dizer os modelos de colchoes que tem EPS na sua constituicao. OBRIGADA

    • Marcelo disse:

      Olá Emilia, infelizmente não, cada marca de colchão é responsável por utilizar ou não.
      A unica forma de você saber é lendo a etiqueta de fabricação.
      A minha dica é essa e verificar o selo do Inmetro, empresas sem selo do Inmetro tenho visto que não colocam o descritivo completo.
      att

  8. MIRIAN disse:

    Boa Tarde Marcelo,
    Suas informações foram muito úteis, estou pesquisando um colchão para meu menino de 2 anos como ás vezes deito com ele para faze-lo dormir procuro o D33, estava comparando entre o da loja colombo (a linha comercial que eles falam) e com a própria loja da ortobom. O que me impressiona é a grande diferença de preço R$300 de diferença.

    • Marcelo disse:

      Olá Mirian tudo bem?
      A questão de valores dificilmente eu entro no merito.
      A diferença muitas vezes se dá ao tecido, altura da lâmina e magazines vendem em grande quantidade onde o valor acaba sendo menor.
      Enviei um email para você para te ajudar.
      att

  9. Rosângela s costa disse:

    Olá, bom dia tudo bem?
    Comprei um colchão ha vinte dias (20) , mas as informações que que me foi passada pelo vendedor não é a mesma da etiqueta que veio no colchão. ex: disse que tinha 14 cm de EPS etiqueta tem 17 cm, no colchão de 32 cm.
    a partir dai estou sentido forte dores na coluna quando uso a função massagem. O que me diz a respeito.

    • Marcelo disse:

      Olá Rosângela tudo bem? Sobre a etiqueta x pedido é uma relação comercial, na qual oque está escrito é o que será valido. Promessas verbais infelizmente não há muito o que fazer.
      Sobre ser 14 ou 17cm na questão da massagem eu acredito que não há relação com as dores.
      Enviei um email para você!

      • Rosângela s costa disse:

        Entendi! mas essa quantidade de EPS em um colchão de 28 cm não é muito?
        sendo que seria apenas 11 cm de espuma.
        será que vi durar 12 anos ?

  10. THIAGO disse:

    Colchão de isopor é jogar dinheiro fora,
    Se vc tiver mais de 80kg a deformidade é certo!

    • Marcelo disse:

      Olá Thiago tudo bem, obrigado pelo comentário, existem alguns modelos com suporte de peso alto. é necessário pesquisar e perguntar ao vendedor.
      Mas o intuito do artigo é mostrar que o uso do EPS é grande no mercado colchoeiro e que o consumidor precisa estar atento a essa informação.
      Espero ter ajudado.

  11. Wiliane disse:

    Muito bom todas as informações! Só queria ter lido antes de ter comprando um colchão com EPS.

  12. Luci disse:

    Qual a marca do seu colchão por favor. Estou a procura de um colchão confortável porém firme mas estou perdida com tantas opções.