Tipos de Colchões -Saiba escolher seu colchão.

principais tipos de colchão
Principais tipos de colchões

O mercado apresenta inúmeras opções de tipos de colchões, para fazer a melhor escolha, é preciso entendê-las, fizemos uma pequena lista para auxiliar na adoção do seu colchão a começar pelos tipos de espumas.

Tipos de Colchoes

Leia mais: Densidade de colchões de espuma

Quais são os tipos de colchão no Brasil?

Neste artigo citamos mais de 30 tipos de colchão mas os dois principais são as molas e a espuma.

Vale lembrar que tipo de colchão é confundido com matéria prima utilizada sendo estas matéria são secundárias.

Sendo que estas matérias primas nobres muitas vezes não são nem 5% do produto.

Um exemplo claro é o colchão magnético, que são muitas vezes espuma com imãs e infravermelho longo.

Veja este artigo completo sobre o assunto Tipos de colchões.

Existem vários tipos de espuma e por ser o modelo mais vendido dividimos em categorias.

Espumas – o tipo de colchão mais usado no Brasil.

  • O colchão de espuma de poliuretano é desenvolvido por lâminas de densidades diferentes para o descanso adequado de cada biotipo. A densidade é calculada por metro cubico, portanto, as numerações apresentadas para identificar o tipo de densidade referem-se a resistência a quantidade de quilos. As variações certificadas pelo INMETRO e são D18, D20,D23, D26, D28, D33, D40 e D45. Quanto maior a densidade, maior o desempenho do colchão. Com o avanço da tecnologia surgiram outros tipos de espuma para proporcionar conforto e se adaptar as várias necessidades.
  • A espuma viscoelástica, mais conhecida como a espuma da Nasa, é uma espuma termo-inteligente, pois ela se adapta facilmente ao calor e ao peso corpo em repouso, assim, evita pressões desnecessárias nas extremidades de contato, como ombro, quadris, joelhos e tornozelos.
  • O colchão de espuma látex proporciona uma temperatura estável durante o descanso, pois sua espuma possui furos para que o ar circule mais. Esse tipo de espuma também oferece mais estabilidade de molejo, ou seja, que os movimentos da pessoa ao lado serão quase imperceptíveis. Este material é bem flexível e adaptável a todas as formas do corpo tornando um colchão bem agradável.
  • A espuma mista pode ser considerada uma mistura da tecnologia de viscoelástica com a do látex. Por unir a alta densidade do látex e o conforto do viscoelástico, este colchão apresenta maior resistência à deformação, tendo em vista que as compressões nas extremidades de contato são reduzidas.
  • Colchão de espuma Aglomerada ou espuma AG. Geralmente este tipo de colchão vem com densidade superior a 45. Onde reaproveitamento de espumas são coladas uma a uma e posteriormente compactada se faz a espuma AG. Sua nomenclatura geralmente são D60, D70 e D80. Mas fique atento espumas AG são firmes e algumas são de baixa qualidade.

Colchões de molas, que são desenvolvidos por diferentes tipos de molejo, somado aos revestimentos de espumas.

colchões de molas legget
Molejo LFK da Leggett & Platt

Para cada tipo de molejo são especificados a quantidade de molas e o tamanho dos arames. Há dois tipos de colchão de mola, o revestido nas duas faces e o com revestimento em apenas uma das faces. Já no que se refere a tipos de molejos, encontramos uma gama maior de opções. A seguir, temos os modelos principais.

  • As molas ensacadas individual visam proporcionar a estabilidade de movimentos, para que a pessoa ao lado não seja afetada com o seu movimento. Quanto maior o número de molas por metro quadrado, melhor será o momento de repouso devido a estabilidade oferecido por este tipo de mola.
molas ensacadas individual
Molas ensacadas Foto: Leggett & Platt
  • Os colchões de molas Tipo Bonnel são desenvolvidos com fio de aço e pode apresentar grandes variações na quantidade de molas e na bitola do arame. Esse tipo de molejo é uma opção mais econômica no mercado. Apesar de durável, a estabilidade de movimentos não são dos mais recomendados para casais.

Molejo de fio continuo.

  • O molejo de fio continuo também entrega uma alta durabilidade, por ser construído com molas contínuas não entrelaçadas. As molas distribuem bem o peso, porém não individualiza o movimento. A mola mais comum é a Superlastic.
  • Outra opção encontrada no mercado são as molas verticoil. Basicamente possui as mesmas características que a Bonnel, com a diferença de que tem mais molas por metro quadrado. Gerando assim maior firmeza e sustentação. Para pessoas que gostam de colchões mais firmes de molas é uma boa opção.
  • Deste quadro de opções, vale ressaltar do molejo LFK. Neste modelo as molas são cônicas e com a terminação retangular, o que faz com que esse colchão tenha maior estabilidade do que outros de mola, pois proporciona maior independência de movimentos e tem sustentação para pessoas de até 150 quilos.
  • Miracoil este molejo também se caracteriza por se um colchão de molas de fio continuo não entrelaçados , as molas Miracoil utilizam mais molas por M² e com isso da maior estabilidade e suporte mais firme do que a superlastic. Mas para os especialistas em colchões esta mola tem tido um desempenho muito bom e com isso muitas fabricantes de colchões tem aderido esta mola para colchões de alta qualidade. A fornecedora desta tecnologia a Leggett & Platt confirma que este molejo suporta até 220kg.

Colchão de Resina de fibra

Resina de fibra Genius Baby
Colchão de resina de fibra Genius Baby Foto: Genius Baby

Recentemente chegou uma novidade no mercado brasileiro que são os colchões de resina de fibra. Estes colchões são basicamente 70% ar e 30% resina onde seu maior beneficio é o de ser lavável e totalmente respirável. Uma tecnologia para pessoas que tem alergia a acaro ou a látex que podem se beneficiar.

Outra vantagem da resina de fibra é um produto sustentável pois é totalmente reciclável uma vantagem imensa em relação aos produtos do mercado colchoeiro.

Colchão de EPS (polietireno expansivo) ou popularmente conhecido como isopor®

Existe um outro tipo de colchão que são os colchões de poliestireno expandido popularmente conhecido como ISOPOR ®, isopor é uma marca e com isso o nome correto é EPS ou poliestireno expandido e muitos colchões são feitos deste material,

Geralmente entram em categorias de colchões mistos porém verificar a quantidade desta matéria prima é primordial pois muitas vezes você compra o colchão como de espuma porém apenas metade é espuma e a outra de EPS.

Este material é de grande utilidade no mercado colchoeiro devido ser um produto mais leve que a madeira, mas serve como base de alguns modelos.

O Colchão de EPS tem um custo menor que uma espuma de poliuretano e com isso seu custo é baixo portanto quanto mais eps mais barato um colchão.

Entretanto percebemos que algumas empresas utilizam como colchões terapêuticos na nomenclatura mas na descrição você percebe que se trata de um colchão de Isopor com terapias.

Colchão de isopor.

Os “Colchões de Isopor ®” são facilmente encontrados em superfícies com vibração pois ter uma composição firme e uniforme é necessário neste tipo de colchão.

O Poliestireno expandido tem suas vantagens , por ser um produto reciclável, mais barato e colchões de uma face seu uso em bases não é prejudicial.

Colchão de madeira:

Mais conhecidos como colchões ortopédicos, existem pessoas que gostam de estrutura extra rígidas e com isso compram colchões com estrutura de madeira, já se foi o tempo que este tipo de conforto era atrelado a colchões para cura de problemas de coluna.

Feito com uma fina camada de espuma para que se tenha um minimo de conforto. Alguns modelos são com espumas de poliuretano de variadas densidades, antigamente estes colchões era a estrutura principal dos colchões magnéticos.

Algumas curiosidades

Vale ressaltar que existem diferença entre molas ensacadas individuais com molejo ensacado algumas marcas utilizam molejos do tipo bonnel ou de fios contínuos e ensacam estas molas com algum produto deixando as molas “dentro de um saco” por conseqüência ficar atento a esta informação é de extrema importância.

Curiosidade colchões
Curiosidade sobre os tipos de colchões

Outra curiosidade das molas ensacadas individuais que normalmente se encontram o nome Pocket porem sistema Pocket System é de uso exclusivo da Marca Castor. Por isso encontram se no mercado nomenclaturas do tipo Super Pocket, multi Pocket Ultra Pocket.

Com a molas do tipo Bonnel algumas empresas trocam sua nomenclatura para poder desassociar suas molas das Bonnel devido ser a mola mais simples.

Outros tipos de colchão que se encontram no mercado

Sabemos também que existem outros tipos de colchão menos usuais ou que não são tão indicados para o dia a dia mas que você pode encontrar no mercado que são eles:

Colchões de Ar: mais conhecidos como colchões infláveis, este tipo de colchão é muito comercializado no Brasil, seus custo é baixo devido ser apenas plástico e depois de inflado é uma estrutura mole e desajeitada.

colchão de ar
Colchão de ar

Colchão de água: O colchão de água nada mais é uma estrutura de plástico com enchimento de água, sendo parecido com o colchão de ar com o beneficio de ser um colchão totalmente macio,

Este tipo de colchão era recomendado para pessoas acamadas e com escaras e caiu em desuso após a chegada do colchão de viscoelástico.

Existem também aqueles colchões com sua nomenclatura atrelada ao tipo de colchão.

Colchão de couro: na verdade este tipo de colchão é de alguma estrutura de espuma ou molas, porém o uso do couro é apenas no tecido final fazendo com que as pessoas utilizem o nome colchão de couro.

Colchão de plástico ou lona. Da mesma forma que o colchão de couro, o plástico/lona é utilizado como acabamento final, dá-se a nomenclatura do produto porém a estrutura principal é de outra matéria prima (mola ou espuma)

Por exemplo, os colchões hospitalares, são de espuma, porém embalados com lona/plástico para auxilio de limpeza e impermeabilização.

Quem sofre de alergias acabam “encapando os colchões com plastico” para facilitar a limpeza.

Colchão de Crina de Cavalo: A crina de cavalo é um material com alta ventilação e maciez diferenciada porém seu uso nos colchões é de apenas acabamento em pillow top e estofamento, sendo sua estrutura principal ser de molas ou espuma.

Colchão de Algodão : O algodão e o algodão organico, são matérias primas macias e de alta respiração porém seu uso fica atrelado apenas no pillow top ou acabamento de tecidos. Algumas marcas internacionais utilizam muito este tipo de matéria prima.

Colchão de lã de animais: Sim da mesma forma que existe o colchão com crina de cavalo, as lãs de carneiro, alpacas, lhamas até de camelo são encontrados no mercado.

Colchão Magnético

Os colchões magnéticos são colchões normais como qualquer um destes citados durante o texto, mas que utilizam imãs em sua composição, de acordo com sua fabricantes tem poder de auxiliar no combate a algumas enfermidades.

colchão tipo magnético,
Colchão magnético Foto: site submarino.com.br

Outros tipos de matérias primas utilizadas em colchões e ganham a nomenclatura de um certo tipo de colchão, é errada, porém é muito comum encontrar que são eles:

Colchão de fibra de coco, colchão de manta de sisal, colchão de capim, colchão de fibra siliconada, colchão de manta acrílica portanto qualquer outro tipo de matéria prima que tenha maciez e ventilação pode ser inserido dentro dos colchões.

O correto seria ser colchão com fibra de coco, colchão com crina de cavalo, onde a confusão se dá ao uso das preposição “DE” e “COM”

Conclusão: Qual o melhor tipo de colchão?

Os mais comuns são de “molas” e “espuma” Sendo que ambas possuem mais de um tipo, portanto podemos concluir que cada tipo de colchão tem suas vantagens e desvantagens, ter em mente o conforto irá ajudar na sua escolha e cabe a você consumidor decidir o conforto que mais lhe agrada.

Todos os tipos de colchões citados no texto são parte de uma estrutura sendo ela principal, secundaria ou de acabamento.

Agora que já conheceu um pouco mais sobre os tipos de colchões e seus compostos, analise sua necessidade e boa compra!

Veja a lista completa dos tipos de colchões citados no texto.

Tipos de colchão:

  • Espuma de poliuretano
  • Molas Tipo Bonnel
  • Molas ensacadas individualmente
  • Espuma Viscoelástica
  • Molas de fio continuo
  • Latex
  • Ar
  • Água
  • Verticoil
  • Miracoil
  • LFK
  • Resina de fibra
  • Espuma do tipo látex
  • Espuma mista
  • Madeira
  • EPS (ISOPOR ®)
  • Crina de cavalo
  • Couro
  • Lona
  • Algodão
  • Manta de Sisal
  • Fibra de coco
  • Capim
  • fibra Siliconada
  • Manta acrílica
  • Colchão magnético
  • lã de alpaca
  • lãs de fibra de camelo

Leia mais: Como escolher colchão em loja de rua

Leia Mais: Vantagens de comprar colchão pela internet

Imagens retiradas dos sites: http://www.leggett.com.br/
https://www.submarino.com.br

Sobre o autor Marcelo | Website

Marcelo Katayama fundador do site. Atua como consultor de marketing digital para pequenas empresas de forma autônoma e atua com marketing de afiliados. Trabalhou 10 anos no mercado de colchões como vendedor, gerente comercial de lojas e analista de marketing em lojas multimarcas e lojas com direitos de uso das marcas Castor, Ortobom. Atuou em agências como FBS Midia e Grupo RBS como executivo de contas e foi Gerente de Relações Públicas no Grupo Colombiano JOM. Formado em analise de sistemas pela FATEC-SP e especialização Google Ads Expert Search pela Goobec Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 Comentários

  1. Grazielle Cristina dos santos disse:

    Vc sabe se o colchão marca goldsmith, é bom?

  2. Rogeria disse:

    Qual o melhor colchão qdo você tem problema na lombar

    • marcelo disse:

      Olá Rogeria tudo bem? Obrigado pelo comentário!
      O melhor vai depender do tipo de conforto que mais lhe agrada.
      TEnho sugerido aos meus leitores os colchões firmes confortáveis de molas com espuma de alta densidade ou os colchões de espuma com pillow top, caso queira algo mais firme os de espuma. Você pode utilizar nossa calculadora de densidade de colchões de espuma.
      https://www.dicasdecolchoes.com.br/calculadora-de-densidade-de-colchoes/
      Espero ter ajudado qualquer duvida estamos a disposição.