Colchão tem validade?

Este é o assunto do momento nas redes sociais das empresas, vamos abordar mais um assunto polêmico! Colchão tem validade?

Colchão tem validade?
Colchões tem validade?

Já escrevemos um artigo sobre quando trocar seu colchão.

Este assunto é uma extensão caso não tenha lido eu sugiro a leitura.

Colchão tem validade?

Teoricamente não, mas na pratica sim.

Não existe uma norma e nenhum documento com essa informação.

Mas vemos na prática que os colchões estão durando menos.

Podemos interpretar validade com vida útil?

Ou validade com o tempo de uso médio de um produto?

São perguntas sem respostas contundentes por parte da indústria. Apenas achismo.

Já abordamos diversas vezes sobre a garantia de um colchão é o que há de mais controverso no mercado colchoeiro do Brasil.

Empresas adotando garantia de apenas 12 meses sendo que no restante do mundo as garantias são muito maiores.

E a vida util de um colchão nestes mercados são baseados na garantia do produto.

Percebemos que a indústrias não se posicionam, pois cada linha tem uma vida util.

Um colchão de linha premium pode ser comparado com uma linha de entrada?

Esta é uma pergunta sem respostas por boa parte das empresas.

Qual a validade de um colchão? A polêmica!

Por que chamo este artigo de polêmico, atualmente as empresas estão dizendo que sim, colchão tem validade.

Neste caso quem perde é o consumidor pois tenho vistos empresas dizendo em validade de 7, 5, 3, 2 e infelizmente 1 ano.

Ou seja o mercado brasileiro de colchões está cada vez mais insistindo nesta história de trocar de colchão por períodos cada vez menores.

Independente do tipo de colchão.

Outra polemica é:

Empresas que dão garantias acima do que o normal.

Vejo que algumas empresas dando garantia de 10 e 12 anos, mas apenas como marketing, pois o colchão não vai durar todo esse tempo.

Por isso empresas que dão garantia acima do normal, sem contrapartidas, dificilmente eu indico aqui no site, em vista disso sugiro que você veja sempre o meu Guia de colchões ou minhas listas.

Leia mais: Top 20 By Dicas

Acesse o Guia de Colchões by Dicas de Colchões

Onde está essa informação? Cadê a validade do colchão?

Você consumidor deve questionar este tipo de propaganda, onde está a validade do produto?

Pois se analisarmos friamente validade é um documento onde diz que o consumo do mesmo é prejudicial a saúde após um periodo, se as empresas estão dizendo que colchões tem validade, questione e pergunte onde está escrito essa informação.

Lembre-se promessas verbais é o maior vilão do mercado colchoeiro, vender maravilhas é muito fácil quem é que não gosta de dormir bem?

Mas tem que se atentar a todo e qualquer tipo de abordagem e você leitor tem esse direito.

Eu digo isto pois primeiramente diminuiram a garantia, agora dizem ter validade.

Mas as empresas juram não utilizar da obsolescência programada em seus produtos.

E eu cada vez mais fico triste em saber que o mercado brasileiro é de colchões de baixa durabilidade.

Propagandas vazias, influencers pagos mas sem compromisso com consumidor e tecnologias sem sentindo é o que mais temos visto.

Apenas fique atento com empresas que dizem que colchões tem validade.

Quando devo trocar o colchão?

Você dever trocar seu colchão quando:

  • O colchão afundar mais do que 10% do tamanho original sem você deitado.
  • Quando tiver manchado pelo fator tempo.
  • Barulhos de colchão rangendo e que atrapalham seu sono.
  • Molas sobressalentes.
  • Colchão que deixa seu corpo totalmente curvado devido ceder de forma contundente.
  • Leia a garantia e se estiver escrito troque após o vencimento da garantia contratual e seu colchão estiver vencido.
  • Espirrando ao se deitar mesmo com a troca frequente de lençóis e uso de protetor.
  • Caso seja de espuma ver se seu corpo aumentou de peso desde a compra e você perceber que está utilizando a densidade inadequada.
  • Caso você tenha aumentado o peso corporal e o suporte do colchão seja menor do que o seu peso atual.

Acredito que tenha outros motivos para troca, mas essas são as mais importantes para trocar seu colchão.

Por isso somos enfáticos colchão não tem validade estipulada por nenhum órgão.

Eu interpreto como uma forma das empresas empurrarem colchões de baixa qualidade e garantia pequena, ou seja deixar você consumidor sem alternativas.

Mas lembrem-se garantia baixa não quer dizer colchão de baixa qualidade, só tenha cuidado com quem fala que colchões tem validade, se você encontrar essa informação, questione ou melhor, pesquise por outras marcas.

E o mais importante leia o certificado de garantia do colchão antes de fechar a compra!!

Infelizmente existem muitas garantias falsas ou sem nenhum embasamento de durabilidade.

Qual a validade de um colchão?

A validade vai variar de empresa para empresa, onde o certificado de garantia ou manual do colchão vai determinar se um colchão tem validade de 1 ano ou 10 anos.

Existem outras variáveis para saber qual a vida útil de um colchão ou que diminui a vida útil do mesmo.

A vida útil você deve se basear em:

  • Matérias primas de qualidade.
  • Suporte de peso individual;
  • Construção do colchão;
  • Armazenamento correto.

O que pode diminuir a longevidade de um colchão:

  • Mal uso ou manutenção precária.
  • Não trocar com frequência o jogo de cama.
  • Limpeza de forma errada*,
  • Pular ou usar o colchão como escada.

*Uma informação importante, colchão não se pode molhar, e muita gente faz a higienização com líquidos, consequentemente a vida útil de um colchão diminui.

Você precisa atentar-se que cada empresa é individual e as propagandas sobre validade é muito genérica, portanto verifique os documentos, pois na propaganda a empresa vai divulgar o que é conveniente para empresa e não para o consumidor.

Como dito no inicio, cada empresa responde por ela e não pelo mercado.

Cuidado com as informações genéricas e propagandas vazias, lembrando o certificado é primordial para sanar suas dúvidas.

Conclusão.

Colchão Não tem validade e sim vida útil, e a longevidade vai variar de acordo com cada empresa e cada modelo de colchão. Não existe uma norma federal para este assunto.

Infelizmente não dá para afirmar de forma contundente essa informação, por isso queremos ajudar na escolha do seu colchão.

Eu Marcelo, acredito que um bom colchão dure cerca de 5 a 10 anos, e estes fatores incluem muitas variáveis na construção de um colchão e bom uso do mesmo.

Cuide bem do seu colchão, utilize para que você tenha ele por bom tempo, mas se você é daqueles que troca frequentemente seu colchão…

Parabéns, dormir bem é o que desejo, investir no sono é investir na vida!

Trocar o colchão com consciência é fundamental para boas noites de sono!

Se você tem duvida, deixe um comentário ou me envie no formulário!!

Você vai gostar também:

Como escolher colchão de espuma

Colchão de molas ou espuma qual é o melhor?

Sobre o autor Marcelo | Website

Marcelo Katayama fundador do site. Atua como consultor de marketing digital para pequenas empresas de forma autônoma e atua com marketing de afiliados. Atualmente é o maior blogueiro imparcial de colchões do Brasil, com mais de 30 mil visitantes únicos por Mês (SEMRUSH E GA) Trabalhou 10 anos no mercado de colchões como vendedor, gerente comercial de lojas e analista de marketing. Atuou em agências como FBS Midia e Grupo RBS como executivo de contas e foi Gerente de Relações Públicas no Grupo Colombiano JOM. Formado em análise de sistemas pela FATEC-SP com especialização em Google Ads Expert Search pela Goobec Brasil

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário