Noite mal dormida e as consequências prejudiciais

Você já deve conhecer a sensação de acordar ainda cansado, mesmo depois de ter descansado. As noites mal dormidas acabam com a disposição e com a motivação da maioria das pessoas.

As consequências de não dormir bem, estar com um colchão não apropriado principalmente para quem tem um dia atarefado, são inúmeras. Acompanhe o conteúdo do Dicas de Colchões que separamos e entenda melhor como a noite mal dormida é prejudicial!

Mas, afinal, quais são as consequências de uma noite mal dormida?

Alterações no humor

Existem várias explicações para a relação entre uma noite mal dormida e alterações no humor. A tendência é ficar mal-humorado, agressivo e impaciente quando o sono não foi bom.

De fato, é difícil estar em pleno funcionamento quando estamos cansados. Entretanto, existe uma explicação física para as alterações.

A noite mal dormida acaba com a comunicação entre neurônios, pois diminui a capacidade cerebral. Com isso, a liberação de hormônios importantes para o bem-estar é prejudicada.

Baixa capacidade de memória

As noites de sono servem para, entre outras coisas, fazer um apanhado geral sobre as informações coletadas no dia. Em termos simples, o cérebro escolhe as mais relevantes e as transforma em memórias de longo prazo.

Se essa etapa do processamento não for realizada de maneira satisfatória, o esperado é que exista uma incapacidade de se lembrar da maioria das coisas.

Estar cansado também afeta o estado de atenção, importante para coletar as informações, mesmo a curto prazo.

Concentração debilitada

O estado de concentração depende de muitos fatores. No caso de uma noite mal dormida, as complicações são evidentes.

Estar concentrado é fazer esforço cerebral. Você deve ter um bom estado de atenção, seleção de informações e descarte do que não importa no momento. A interação entre esses diferentes aspectos é prejudicada por conta do cansaço.

Como conseqüência, você pode se lembrar de coisas inúteis, esquecer algo importante e não saber desempenhar tarefas.

Pressão desregulada

Uma noite mal dormida é estressante para a grande maioria das pessoas. Afinal, quem é que gosta de ter que acordar ainda cansado, sem sentir que o organismo se renovou?

É por isso que dormir mal equivale a um episódio de stress. Como você deve saber, situações estressantes aumentam hormônios, como a adrenalina.

Todo esse misto de alterações no organismo contribuem para que a pressão aumente. O problema está em funcionar regularmente na base da falta de sono.

Baixa imunidade

Quem não dorme direito acaba se tornando muito mais suscetível a contrair doenças comuns, como gripes. De fato, é durante a noite que o organismo consegue renovar a produção de anticorpos.

Por isso, as pessoas que dormem menos experimentam uma redução no sistema imunológico. Quando em contato com agentes patogênicos, o corpo não consegue se defender de maneira eficiente.

É um ciclo problemático: o organismo está fraco, acaba por contrair doenças e enfraquece ainda mais.

Desempenho físico ruim

Por que as crianças precisam dormir bastante? É durante a noite que o hormônio GH é produzido. Sua função é exatamente estimular o crescimento dos pequenos.

Para os adultos, este composto ajuda na recuperação do metabolismo e do desempenho do sistema motor. Em uma noite mal dormida, o GH não é produzido nas quantidades corretas.

A conseqüência é simples: fadiga, dor muscular e sensação de fraqueza ao fazer qualquer esforço físico.

Alteração no peso

Você já deve ter ouvido que as pessoas com dificuldades para dormir tendem a engordar. A justificativa está na produção de dois importantes hormônios durante o sono, a leptina e a grelina.

Uma noite mal dormida leva a baixa produção da leptina, responsável pelo estímulo da saciedade durante o período em que estamos acordados.

Com a grelina, é o contrário, já que as quantidades aumentam. Esse segundo hormônio é responsável pela sensação de fome. Por isso que quem dorme pouco come mais.

Conclusão: Cuide para não ter que lidar com essas consequências prejudiciais! 

Uma noite mal dormida é ruim para o organismo, tanto em aspectos comportamentais, quanto nos físicos. Por isso, além de escolher o melhor colchão você precisa garantir hábitos saudáveis e um ambiente tranquilo na hora do sono. Assim, a sua rotina pode melhorar!

Leia mais: Sono perdido se recupera?

Noite mal dormida e as consequências prejudiciais

Sobre o autor Marcelo | Website

Marcelo Katayama fundador do site. Atua como consultor de marketing digital para pequenas empresas de forma autônoma e atua com marketing de afiliados. Atualmente é o maior blogueiro imparcial de colchões do Brasil, com mais de 30 mil visitantes únicos por Mês (SEMRUSH E GA) Trabalhou 10 anos no mercado de colchões como vendedor, gerente comercial de lojas e analista de marketing. Atuou em agências como FBS Midia e Grupo RBS como executivo de contas e foi Gerente de Relações Públicas no Grupo Colombiano JOM. Formado em análise de sistemas pela FATEC-SP com especialização em Google Ads Expert Search pela Goobec Brasil

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!